domingo, 1 de Abril de 2012

Ana Torrie | A Exemplar Educação de Edgar V


Inaugura a 31 de Março às 18h
até 3 de Maio
ESPAÇO GESTO - Rua José Falcão, 107


A Exemplar Educação de Edgar V


Era a alcova para onde recolhíamos o lastro dos corpos

Eram os lençóis onde garimpávamos o mineral dos sonhos

Era o marulhar dos bichos a embaterem na persiana da noite

O mundo existia como existem os palcos

Promontório onde exibir a nudez do ego

Habitáculo exíguo e bolorento locado sob consignação pelos espectros imperiais do passado



Era a fruta fresca pela manhã o pão ázimo

O frenesim estúpido das coisas a retomarem os lugares no palco

Era o gato ele também sisudo de orelha a orelha

A cirandar pelo quarto num vagar de múmia

Era o crepitar da manhã o tum-tum dos pés a calcarem os passos de ontem e de outrora

Ao longe ouvia-se o desembarcar dos piratas que habitavam furiosamente os nossos sonhos

Que roubavam a comida que queimavam o algodão



Eram as mesas longuíssimas e as toalhas de renda a ondular bolinas

Eram as pernas das mulheres os rizomas das varizes um silêncio onde conjurar a solidão

O gato a gravitar pelo eixo incerto dos grossos tocos cobertos de pêlo

De vez em quando mimado pelo desabar glorioso de uma tira de bacon

Era olhar para as mãos e perceber que todos os dias cresciam

Como se quisessem afastar-se do corpo para sozinhas no escuro se enamorarem das coisas



Eram os dias a cabriolarem leves num calendário desatendido

O chão a ficar progressivamente mais longe o céu mais perto

As mulheres dobradas como flores a morrerem em jarros

Besuntadas de misteriosos unguentos numa taxidermia precoce

Caixas de ressonância ocupadas todas pela mesma voz

Velavam-se umas às outras no silêncio e no escárnio

Nada era permanente senão a ruína o gato a biblioteca entregue às aranhas


Ana Torrie

Nasceu em 1982, no seio de uma família falida de descendência aristocrática escocesa. Foi educada em regime privado pelo avô materno (homem de inúmeros ofícios, que ganhou a vida como sapateiro, técnico farmacêutico e ilustrador de postais de boas festas). Descobre muito cedo a sua paixão pela literatura macabra, tendo escrito e desenhado, ainda com 11 anos de idade, o seu primeiro conto ilustrado: “As Lágrimas Verdadeiras de um Crocodilo Destroçado”.
No dia 5 de Dezembro de 1999, pelas 7 da manhã, assiste ao nascimento de uma ninhada de gatos e emociona-se. Apaixonada pela obra de Piranesi, dedica dois anos da sua vida ao estudo da representação do céu na gravura europeia dos sécs. XVIII e XIX.
Nos dias de hoje, constrangida por grandes dificuldades financeiras, divide-se por trabalhos da mais variada espécie: retocadora de fotografias antigas de famílias aristocratas do Porto; tratadora de cavalos e vigilante de florestas.

quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012

Presenças / Ausências de João do Vale








Inaugura a 18 de Fevereiro às 17h
até 29 de Março
ESPAÇO GESTO - Rua José Falcão, 107




"Presenças / Ausências"

A exposição funciona dentro de uma “textura  de ser” (Merleau-Ponty a propósito da pintura): as pinturas (na sua individualidade) criando valores em torno do olhar (entre presença e ausência) que as relaciona entre si (uma, duas ou mais pinturas ou a exposição na sua unidade).
A temática é orientalista: a unidade na pluralidade, a pluralidade na unidade ou ensaio sobre o vazio (ausência) e o repleto (presença). Permuta entre os valores de presença e os valores de ausência: presen-
ças e ausências equivalendo-se.
Na presença inscrever a ausência, na ausência inscrever a presença. Ou ensaio, também, sobre o ser materializado em textura de presenças/ausências: ou ainda sobre nós mesmos (dentro do ser), ausentes na presença, presentes na ausência: “o agrado na presença” (Nancy) e na ausência.
Abismados à superfície do ser, “sem nenhuma outra
verdade que não o seu passar”...

João do Vale, Porto, Fevereiro de 2012


JOÃO DO VALE

Nasceu em Marinha Grande em 1976.
Licenciatura e Mestrado em Artes-Plásticas (Pintura) pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade do
Porto.
Actualmente aluno de Doutoramento na mesma Faculdade.
Contam-se como últimas exposições “Todos os Planos” e “As Terras de Poente”, em 2010 e 2011, respectivamente, na Galeria Símbolo, Porto.

quinta-feira, 5 de Janeiro de 2012

Oficina Arara





Inaugura a 7 de Janeiro às 17h
até 16 de Fevereiro
ESPAÇO GESTO - Rua José Falcão, 107


"a Oficina Arara abre as asas e reúne a ninhada para mostra de cartazes e outras edições em serigrafia."



quarta-feira, 21 de Dezembro de 2011

feira DUMBANENGUE







DUMBANENGUE é uma expressão na língua xangana (Moçambique) que traduzida à letra pode significar 'confia no teu pé'. De facto é o nome que se popularizou no sul de Moçambique para as feiras informais.
o 'identidades movimento intercultural'
adopta esta designação para nomear a 'feira permanente que instalou na sua loja e galeria, neste período natalício.

galeria de imagens: http://identidades.eu/dumbanengue

terça-feira, 6 de Dezembro de 2011

LEILÃO DE ARTE 7 DEZ 21:30





na esperança de vos ter no Leilão, de vos ter acompanhados, de saber que difundiram o convite.
mais um esforço de luta pela sobrevivência de um 'movimento intercultural' com uma história de quinze anos e um futuro pleno de acção programada.

CONVITE
LEILÃO de ARTE Identidades
7 de Dezembro, 21h30
exposição 5, 6 e 7, das 10h00 às 19h00
Espaço Gesto (R. José Falcão 107, Porto)

Possibilidade de reserva de licitação por telefone (+ 351 22 3320986) e por endereço electrónico gesto@identidades.eu
Necessário a indicação das necessárias informações de contacto e o limite de licitação das obras escolhidas.
Estas reservas só terão validade se enviadas até às 20h00 do dia 7 de Dezembro de 2011 (dia do leilão).

A imagem das obras que vão estar presentes no Leilão, podem ser vistas (com as respectivas indicações técnicas e sua base de licitação),la partir de 1 de Dezembro em http://identidades.eu/leilao




OBRAS A LEILÃO




Ângelo de Sousa




Álvaro Siza




Ângelo de Sousa




Ângelo de Sousa




Armanda Passos




Catarina Almeida




Claudia Lopes




Fernanda Fragateiro




Jorge Pinheiro




José Mário Macedo




Mariana Costa





Marta Ribeiro




Miguel Carneiro




Mudaulane




Natacha Antão




Noel Langa




Pedro Proença




Pedro Tudela




Ricardo Leite




Rita Rainho




Rodrigo Neto




Rui Aguiar




Rui Vitorino Santos




Samuel Djive




Silvia Simões




Armanda Passos





Bigorna




Fernando José Pereira




Júlio Pomar




Miguel Leal





Sonia Delaunay